Passeio pela Gran Sabana

No dia 20 e 21 de janeiro de 2015 fizemos um passeio para curtir a paisagem da , com direito a nadar em belas piscinas naturais e visitar algumas cachoeiras e mirantes.

Retornamos de Ciudad Bolivar para Santa Elena de Aairén no dia 19 de janeiro de 2015, numa viagem que teve início na noite do dia 18.

A viagem foi complicada, cheia de paradas da guarda nacional para verificar documento dos passageiros e por vezes algumas pessoas que viajavam tinham suas bagagens revistadas.
Em uma das paradas, nossas bagagens, juntamente com outras, foram enfileiradas e um cão farejador ia cheirando à procura de drogas.
Por sorte estávamos em um grupo grande e nossas bagagens nada sofreram. Mas já havíamos lido relatos de apreensões de pertences sem motivos e extorsões por parte da guarda nacional.
A viagem foi desgastante, levamos 18h desde Ciudad Bolivar até chegarmos novamente em Santa Elena de Uairén.

Como ainda possuíamos dois dias livres, antes de viajarmos de volta para Boa Vista, fechamos um pacote de passeios com a Mystic Tours para conhecer um pouco da Gran Sabana.
Assim como no relato do Salto Angel, não vou aprofundar aos detalhes de custos etc, darei foco ao vídeo resumo e fotos dos passeios.
Para mais informações detalhadas, peço que acessem ao Relato do Augusto.


Um pouco sobre a Gran Sabana:

Gran SabanaLocaliza-se ao sudeste da , no estado de Bolivar e faz fronteira com o Brasil. Tem uma vegetação semelhante ao nosso cerrado, inclusive com árvores de mesma espécie, como o Buriti por exemplo e sua temeratura média é de 23ºC. Nela convivem diversos grupos indígenas, incluindo o Pemón.
A região é repleta de cachoeiras e corredeiras e vale a pena o passeio após retornar do Monte Roraima ou Salto Angel.

Bom, voltando ao passeio 🙂

Vídeo resumo

Para ver o álbum de fotos completo, acesse nosso flickr

Abaixo seguem os nomes dos locais e suas respectivas fotos:

Iniciamos nosso 1º dia pela Gran Sabana indo ao Mirante, que fica próximo à de Jaspe.

A vista do mirante abrange a visão dos tepuys (nome dado às formações rochosas como o Monte Roraima, por exemplo).
Também é possível avistar o vale da Savana com seus buritis.

#Curiosidade: Parte da Gran Sabana serviu de locação para gravações do filme Jurassic Park.

Fotos do Mirante
[envira-gallery id="2498"]

Após o Mirante, fomos conhecer a . O local exige um pagamento de taxa de visitação, mas é bem baratinho.
A cachoeira é um ponto turístico bem conhecido na região e é possível ver excursões de pessoas da terceira idade por lá.
No local também existem tendas de artesanato.

Fotos da Cachoeira de Jaspe
[envira-gallery id=”2506″]

Após a Cachoeira de Jaspe, fomos para a cachoeira véu da noiva (sem fotos, desculpe).
Seu acesso é via estrada de terra, que leva até um trecho de mata, daí segue-se a pé até sua base, onde é possível contemplar seu poço que é propício para nado. devido a forte chuva, ficamos pouco tempo.

Sobre o Salto Yuruaní ou Salto Arapena, chega-se após passar pela ponte de ferro sobre o Rio Yuruaní. Devido as fortes chuvas que estavam ocorrendo, o rio estava bem cheio. Segundo o Guia Maximo Hernandez, em momentos de estiagem, é possível cruza-lo andando sem dificuldades.

Salto Yuruaní ou Salto Arapena

Salto Yuruaní ou Salto Arapena

Seguimos para a Playita, que é uma pequena praia de água doce, próximo ao Rio Yuruaní.
Lá é possível nadar com tranquilidade, é um ótimo lugar para se passar algumas horas.

[envira-gallery id="2516"]

Para finalizar o dia, fomos ao , onde é possível avistar uma boa parte da Gran Sabana com o o Rio Yuruaní e a ponte de ferro sobre ele.
[envira-gallery id="2522"]

Iniciamos nosso 2º e último dia na Venezuela no dia 21 de janeiro de 2016.
Seguimos todos para a , que também fica próximo à Cachoeira de Jaspe e Véu da Noiva.
O lugar é realmente bonito, com uma bela cachoeira e piscina natural para nadar.

Cachoeira Água Fria

Cachoeira Água Fria

No mesmo local, é possível ir seguindo rio abaixo, onde passa-se por pequenas quedas d’água e piscinas naturais.
Esse percurso, lembra um pouco o da sequencia de quedas do relato da Travessia de Itaci x Guapé.

No final do percurso, chega-se à (Janela do Céu).
Aqui é onde o rio se transforma em uma imensa queda, que dá uma visão plena da planície da Gran Sabana.

[envira-gallery id="2528"]

Após ficarmos lá no mirante por um tempo, seguimos para o .

O Balneário fica próximo ao Salto Yuruaní e possui muitas piscinas e tobogãs naturais, onde é possível descer escorregando.
O local conta também com uma boa estrutura estrutura para visitantes, possuindo banheiros, restaurante, estacionamento, artesanatos etc.
[envira-gallery id="2537"]


Leia também:

http://www.exploradores.com.br/monte-roraima-trekking-8-dias/

http://www.exploradores.com.br/salto-angel/